O mar Morto é um grande lago de água extremamente salgada localizado no Oriente Médio, banhando Israel, Cisjordânia e Jordânia. É chamado de "mar" devido a seu tamanho: hoje ele ocupa uma área de 750 km² (50 km de comprimento por 15 km de largura). Já o adjetivo "morto" tem a ver com o fato de não existir vida em suas águas, exceção feita para bactérias e algas. Ninguém resiste a tanto sal!

O mar Morto está morrendo lentamente

Seja pelo desvio da água de seu afluente, seja pelo clima árido do deserto, o fato é que o famoso mar Morto, fenômeno geológico único em todo o planeta, está morrendo aos poucos. O maior responsável pela redução drástica de suas águas é o ser humano. Se providências não forem tomadas, num futuro não tão distante esse grande lago chamado de mar pode secar completamente.

Destino cobiçado por turistas que visitam o sudoeste asiático, esse grande lago cercado por montanhas no meio do deserto está com os dias contados. Sim, por mais estranho que possa parecer, o mar Morto está, de fato, morrendo. Ou melhor: secando. Dos anos 60 para cá, o lago perdeu 35% de sua extensão.

O nível de suas águas desce algo em torno de 1 metro por ano, e se nada for feito, em apenas 40 anos não haverá uma gota sequer para contar a história.

O que está provocando o rebaixamento das águas do mar Morto

Há mais de um fator que explica a retração gradual do mar Morto, que encolheu cerca de 1/3 nos últimos 70 anos. Vejamos quais são esses fatores:

  1. Desvio das águas do rio Jordão para fins agrícolas e para consumo da população. O rio Jordão é afluente do mar Morto. Isso significa que suas águas abastecem esse enorme e isolado lago salgado. Do jeito como está, o mar Morto recebe apenas 20% das águas que recebia antigamente do rio Jordão. Segundo especialistas, este é hoje o grande problema do mar Morto.
  2. Evaporação das águas devido ao clima desértico. Como sabemos, quase não chove no deserto. E o tempo lá é quente à beça! Isso faz com que a água evapore rápido. Com poucas chuvas, não há substituição. Num dia seco e quente, o nível do mar Morto chega a cair entre 2 e 3 centímetros!
  3. Mineração. A coleta predatória de minerais é outro problema. Isso porque grandes quantidades de água são consumidas durante a exploração.

O que são e como se formam as bolaines


A redução do nível do mar Morto criou um fenômeno curioso: as bolaines, que nada mais são do que crateras que se abriram às margens do mar Morto que chegam a ter 100 metros de diâmetro e 50 m de profundidade. Se algum dia você for dar um passeio por lá, é bom olhar bem por onde anda!

O que acontece é o seguinte. As águas do mar Morto recuam, deixando faixas de solo seco. Fontes de água doce que antes brotavam em solo submerso agora brotam em terreno seco, dissolvendo as camadas de sal. Essas infiltrações vão criando cavidades subterrâneas. E uma hora o solo cede, formando as bolaines.

Esse processo começou a ser notado nos anos 70. Hoje há milhares de crateras, algumas delas destruindo edificações e estradas nas imediações do lago. Além de ser impossível frear esse processo, é difícil prever onde o próximo buraco irá surgir.


É possível evitar a morte do mar Morto?

A resposta é: talvez.

Hoje a esperança está no desvio das águas salgadas do mar Vermelho para o mar Morto através de um canal. O projeto do "Canal da Paz" é antigo e reúnes esforços de Israel, Jordânia e Palestina. O programa bilionário foi assinado em 2013, mas devido a tensões políticas entre israelenses e palestinos ainda não saiu do papel.

Grandes quantidades de água do mar Mar Vermelho serão dessalinizadas com o objetivo de abastecer a região sul da Jordânia. O restante será transportado através de aquedutos de 200 km até o mar Morto.

Mas o "Canal da Paz", sozinho, não será suficiente para salvar o mar Morto. Ele apenas diminuirá o ritmo do processo. A mineração e a redução drástica do fluxo do rio Jordão continuam sendo fatores determinantes. Enquanto não se mexer nisso, o mar Morto continuará morrendo.

Características do mar Morto

O sal e a densidade do mar Morto

Só para se ter uma ideia, os oceanos têm cerca de 35 g de sal por litro de água. O mar Morto, 300 g! Ou seja: seu índice de salinidade é quase 9 vezes maior que o dos oceanos! Quanto maior a salinidade da água, maior sua densidade. E devido à elevadíssima densidade das águas do mar Morto, lá é possível boiar sem fazer qualquer esforço.


Altitude negativa: -412 m

Outra característica importante do mar Morto é o fato dele estar situado numa altitude baixíssima, uma das mais baixas da Terra: 412 metros abaixo do nível do mar! Nenhuma massa de água (rios ou lagos) está localizado numa altitude tão baixa.

Localização do mar Morto

Sem saída para o mar, o mar Morto fica encravado no vale do rio Jordão. A leste, banha a Jordânia. A oeste, a Cisjordânia. A sudoeste, banha o estado de Israel, como se pode ver no mapa abaixo. Uma viagem de carro até o mar Morto, partindo de Jerusalém, leva apenas 1 hora.