O Universo está se expandindo, e as galáxias se separando como pedaços de estilhaços cósmicos após o Big Bang. A única força operando deve ser a gravidade, que age como uma teia de elástico entre as galáxias, desacelerando-as.

Mas em 1998, ao contrário de todas as expectativas, os astrônomos descobriram que a expansão do Universo está na verdade se acelerando.

Para explicar isto, eles postularam a existência de material invisível, que foi chamada de energia escura e que possui gravidade repulsiva. É a gravidade repulsiva dessa energia escura que está acelerando a expansão cósmica.

A energia escura é responsável por quase dois terços da massa-energia do Universo. A ciência escolar está, portanto, atrasada ao dizer que a gravidade é somente uma força de atração. Na maior parte do Universo ele empurra!